PAISAGENS: RUAS; INFLEXÕES

A cidade quer ser ignorada. Passamos cotidianamente pelas mesmas ruas, o trajeto não é notado. O tecido urbano parece, de fato, tornar-se invisível. A exposição Paisagens: ruas; inflexões propõe, através de pinturas (principalmente), aquarelas e desenhos, uma paisagística urbana. Não se trata de um registro objetivo ou realista da cidade, mas de possibilidades de se ver a […]